CEPESE CEPESE | CENTRO DE ESTUDOS DA POPULAÇÃO, ECONOMIA E SOCIEDADE

Revista População e Sociedade, n.º 37

O dossier temático da Revista n.º 37, coordenado por Maria da Conceição Marques, a publicar em junho de 2022, tem como título: “Tendências Emergentes nos Sistemas Educativos – Oportunidades e Desafios”.

É do consenso geral que a escola vem sendo não apenas definida, mas legitimada, como o lugar do ensino ou, como referem algumas teorias mais recentes, da aprendizagem. Atualmente, no local de trabalho, exige-se aos trabalhadores competências importantes, como pensamento crítico, resolução de problemas, tomada de decisões, comunicação de informação e comunicação interpessoal, uso das novas tecnologias para otimizar processos, disponibilidade para trabalhar em equipa, gestão de pessoas e criatividade. Os empregadores querem ver profissionais emergentes que entendam como tomar decisões difíceis, que tenham facilidade de adaptação à mudança e que demostrem sentido de liderança.

Num esforço para preparar os estudantes para as suas futuras carreiras, as escolas devem estar na vanguarda do conhecimento científico para os ensinar e ajudar a desenvolver essas competências.

As novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), que promovem um novo paradigma de sociedade, sustentada na informação e no conhecimento, aumentaram as exigências de qualificação profissional e académica e representam também um avanço na educação à distância (e-learning e blend-learning). Nas escolas e nas universidades, a promoção de ambientes virtuais de aprendizagem é cada vez mais comum, dispondo os alunos da possibilidade de se relacionarem, trocando informações e experiências. Aos professores é igualmente concedida a oportunidade de realizar trabalhos de grupo, debates, fóruns, entre outras formas de tornar a aprendizagem mais atrativa. A gestão do próprio conhecimento depende da infraestrutura e da vontade de cada indivíduo.

Entretanto, novos avanços começaram a substituir a inteligência humana. Muitos educadores acreditam que as práticas tradicionais de ensino, quer na escola, quer na academia, serão completamente reconfiguradas nos próximos anos, pois as tecnologias assumirão o papel de recursos promotores do desenvolvimento de competências de comunicação, colaboração e criatividade. Muito embora o ensino/aprendizagem não possa desaparecer deste mundo, ele assumirá novas formas que moldarão o futuro da educação. As instituições que descobrirem fórmulas de qualidade, que forneçam as soft skills e as hard skills para estimular o desenvolvimento dessas habilidades, perceberão que essa tendência oferece várias oportunidades de evolução do conhecimento. Especificamente, essas instituições estarão em vantagem face a outras.

 

Possíveis Assuntos:

  1. a) Pedagogia no Ensino Superior;
  2. b) Ensino Superior e Reformas;
  3. c) Ensino Superior e Tecnologia;
  4. d) Currículo e Sistemas de Ensino;
  5. e) A Contabilidade e os Sistemas de Informação;
  6. f) Governação no Setor Público.

 

Prazo para envio de proposta de artigo (título e resumo cerca de 150 palavras)

30 de abril de 2022

 

Prazo para entrega dos artigos

25 de maio de 2022

 

Email para submissão: revista@cepese.pt

 

Instruções aos autores em: https://www.cepese.pt/portal/pt/populacao-e-sociedade/instrucoes-aos-autores